Normas

O desenvolvimento e criação de normas é atividade fundamental para a Sociedade de Engenharia de Áudio. E também uma forma de garantir e colaborar com a sociedade e com as demandas atuais e futuras da indústria do áudio.

Normas e Procedimentos em áudio não existem isoladamente. AESSC possuí ligações com um grande número de organizações incluindo: Internacional ALMA, IEC, SMTPE, BSI, CEA, EBU, 13394TA (alto-falantes), i3a/PIMA (mídia de arquivamento).

A atividade de desenvolvimento de Normas e Padrões na AES começou logo após sua fundação. Nos primeiros dias o Comitê de Normas da AES (AESSC) foi criado e trabalhou principalmente com uma agência de comunicação com a sociedade. Isto foi feito através do diário sobre as atividades do IEC TC 29 e relacionados, como atividades de áudio e normas de outras organizações, tais como o EIA, SMTPE, IEEE e Acoustical Society of America (ASA).

Mesmo que a AES naquele momento não produzisse documentos de normas, muitos membros contribuíram com normas por meio de outras organizações. Um documento geral, publicado pela primeira vez em 1982, está disponível a partir do Comitê Histórico (inglês).

Em 1977, estimulado pela crescente necessidade de padrões de áudio digital, um grupo de trabalho foi formado dentro do Comitê de Normas da AES. Este grupo foi responsável pela criação de algumas normas fundamentais, como a interface de áudio digital AES3 – as vezes conhecido como AES/EBU. Também criaram normas para frequencia de amostragem e de sincronização, que ainda estão em uso hoje. (Veja no Comitê Histórico da AES mais informações sobre Documentos do Comitê neste período de desenvolvimento – Inglês).

Em 1980, um secretário em tempo integral foi nomeado.

Em 1984, os procedimentos da AESSC foram revistos para melhorar o processo, como base nas diretivas do IEC e desenhado a partir dos exemplos de práticas da ASA, IEEE e SMTPE.

Um secretário em tempo integral foi nomeado desde 2001. Meios de comunicação foram amplamente atualizados em 2002, incluindo um novo site com áreas públicas e privadas, registro de seus membros, além de gerenciadores de e-mail que propiciaram uma fácul troca de documentos para cada grupo.

A participação em qualquer grupo de trabalhos dentro do Comitê de Normas (AESSC) é aberto a todas as pessoas que possam ser afetadas diretamente ou indiretamente pelos documentos que possam ser emitidas no âmbito do referido grupo de trabalho. Atualmente, operamos 16 grupos de trabalho – com cerca de 1000 membros registrados no total – que trabalham nos seguintes campos:

Áudio Digital: Medições de Áudio Digitais, Interfaces e Sincronização, Redes de Troca de Arquivos e uso de Áudio Profissional no Barramento Serial IEEE 1394.

Preservação e Restauração de Gravações de Áudio: Gravação Analógica, Transferência de Tecnologias, Sistemas de Bibiloteca e Arquivo, Armazenamento e Manuseio, Metadados e Áudio Forense.

Acústica: Modelagem da Fonte Sonora, Alto-Falantes e Microfones, Práticas de Conexão e uso do Conector e EMC: Interconexões

Estes grupo de trabalho atualmente mantêm 43 documentos publicados e estão trabalhando no projeto de desenvolvimento de mais 40 novos documentos.

ORGANIZAÇÃO

CONTATOS

Compartilhe!